sábado, 24 de setembro de 2016

9 são os novos 7? Dolby Atmos é sim muito relevante!


Os aficionados por home theater talvez entendam o título acima, mas este texto é bem simples, sem tecnicidades, qualquer interessado em tecnologia, música, cinema, som, vai entender e se interessar pelas novidades.

Desde que surgiram os primeiros receivers dedicados a áudio e vídeo, os fabricantes buscavam, além de envolvimento sonoro (surround), uma maior gama dinâmica.
Gama dinâmica é um conceito não muito simples de explicar mas fácil de se 'sentir'. Se seu vizinho resolve fazer uma festa com música de CD, Spotify, rádio, etc., de longe percebemos que não é música ao vivo. O som de um copo que cai e quebra na sua sala é 'diferente' de um que cai e quebra dentro de um programa de TV. Um baile com som 'mecânico' soa distinto de um baile com banda ao vivo. O que muda e nos faz, intuitivamente, perceber a diferença, não estou aqui falando da qualidade da interpretação da banda, é que um som ao vivo tem a maior gama dinâmica possível e o som 'mecânico' nos passa uma sensação de compressão.
A ideia é essa mesma, a gama dinâmica é comprimida nas mídias digitais em diversos níveis de compressão de acordo com a mídia, a diferença de volume entre o nível mais alto e o nível mais baixo dentro de uma certa trilha é reduzida para que possamos ouvir bem a volumes mais modestos. No surgimento da mídia CD por exemplo, uma das reclamações dos ouvintes, com ouvido privilegiado, era que o som parecia abafado, sem vida, em relação ao som do vinil. Era a mais pura verdade a gama dinâmica do vinil era maior.

Dolby e DTS são laboratórios que sempre trabalharam no desenvolvimento de (vamos chamar aqui) sistemas de envolvimento sonoro com codecs cada vez mais eficientes de compressão de áudio.
Dolby Digital AC3 foi um dos primeiros e mais conhecidos modos discretos de áudio multicanal, onde cada um dos 6 canais da trilha era gravado e reproduzido independentemente. O salto no valor da gama dinâmica entre uma trilha gravada em estéreo e da gravada em 5.1 Dolby Digital AC3 foi enorme e qualquer leigo percebe a diferença. O fato de os efeitos sonoros serem gerados em alto falantes específicos para cada um, era também um grande diferencial, até hoje impressiona aos ouvintes. Vieram então Dolby True-HD, DTS Master-Audio, chamados lossless, sem perdas, sem desprezar nenhuma parte do é gravado, teoricamente melhores, mas não emocionaram o suficiente. 

Chegamos então a 2016 onde Dolby reafirma sua aposta em seu novo sistema de surround, conhecido como Dolby Atmos (DTS tem o seu DTS-X, que é bem similar). Consistem em duas ou quatro caixas extras além da cinco normais de um home theater, mais o subwoofer para os graves poderosos. Essas caixas extras são colocadas duas no teto sobre a cabeça do ouvinte (Top Middle) , abertas alinhadas com as frontais. Colocam se também duas caixas menores (Front Height) sobre as caixas frontais direita e esquerda, um pouco elevadas. Existem outras variações de posicionamento, literatura não falta quando buscamos Atmos layout no Google.

O que Dolby Atmos promete e entrega é: O som agora 'navega' por sua sala, não conseguimos mais perceber de qual caixa o som vem, parece que ele foi 'colocado' numa certa posição dentro da sala. A claridade, o brilho, transparência, a sensação de 'realidade' proporcionada pela enorme gama dinâmica e direcionamento sonoro é hipnotizante. 

Dolby Atmos e DTS-X vieram dar uma boa chacoalhada nesse negócio que movimenta milhões de dólares. Faço uma aposta que esse mercado de home theater, tão voltado para o vídeo, esse sim bastante movimentado, 3D e 4K são exemplos, vai provocar uma volta do interesse do público consumidor para as maravilhas do áudio e sua nova e cristalina performance.

Por que 9 são os novos 7? Na evolução dos sistemas da Dolby e DTS uma das apostas foi o sistema conhecido como 7.1 com 4 caixas traseiras (surround) de efeito, não empolgou muito mas durou bastante tempo. Dolby Atmos funciona muito bem com 7 caixas, 2 de efeitos extras 5.1.2 (essa é a configuração que tenho em casa e estou bastante feliz com ela), porém são recomendadas pelo menos 9 caixas, para puro deleite, layout 5.1.4.

Imagens
                                              Imagem 1 - Layout Dolby Atmos 5.1.2 


                                              Imagem 2 - Layout Dolby Atmos 5.1.4



Se você estava meio entediado com o áudio de seu home theater, faça um upgrade para um receiver da nova geração com Dolby Atmos, você vai voltar e se arrepiar. Garanto!



sexta-feira, 10 de maio de 2013

Seis aulas de Gestão Estratégica


 
AULA.1.Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz: – Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha! Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro: – Quem era? – Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela. – Ótimo! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo?
Conclusão: Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias.

AULA-2 Um padre está dirigindo por uma estrada quando um vê uma freira em pé no acostamento. Ele para e oferece uma carona que a freira aceita. Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas. O padre se descontrola e quase bate com o carro. Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira. A freira olha para ele e diz: – Padre, lembre-se do Salmo 129! O padre sem graça se desculpa: – Desculpe Irmã, a carne é fraca… E tira a mão da perna da freira. Mais uma vez a freira diz: – Padre, lembre-se do Salmo 129! Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento. Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: ‘ Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso’.
Conclusão: Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder excelentes oportunidades.

AULA.3. Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio O gênio diz: – Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês! – Eu primeiro, eu primeiro. ‘ grita um dos funcionários. .. Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida ‘… Pufff e ele foi. O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido: – Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas! Puff, e ele se foi. – Agora você – diz o gênio para o gerente. – Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!
Conclusão: Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

AULA.4. Na África todas as manhãs o veado acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veado se não quiser morrer de fome.
Conclusão: Não faz diferença se você é veado ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.

AULA.5 . Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: – Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro? O corvo responde: – Claro, porque não? O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.
Conclusão: Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo.

AULA.6. Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas. No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras. Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa, quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam: – Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora. O fazendeiro responde: – Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!
Conclusão: A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente .


Nota minha: não conheço a fonte deste texto. 

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Review do ótimo projetor da Epson 8350



O site www.projectorcentral.com deu 5 estrelas em performance ao novo projetor da Epson para Home Theater.

Foram muito elogiados a qualidade da imagem, a quantidade de lumens (capacidade de trabalhar em ambientes com alguma luz), as cores foram consideradas "soberbas", a flexibilidade de instalação, o preço, o baixo ruído, a nitidez.

Nós da Cinemasound já vínhamos recomendando esse projetor. Veja a review em inglês aqui:

http://www.projectorcentral.com/epson_home_cinema_8350_projector_review.htm?em

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Projetores com Um milhão por um de taxa de contraste


A Epson lança nesse segundo semestre sua linha de projetores para home theater com taxas de contraste de 1.000.000:1 nos modelos top.

O modelo de entrada já surpreende é o Epson Home Cinema 8350 com contraste de 50.000:1 e 2.000 ANSI Lumens.

Imbatível na relação custo benefíco. Na cinemasound.com.br por R$ 5.590,00 em 5 parcelas.

Encomende o seu.

quinta-feira, 18 de março de 2010

Mitos e mentiras sobre cabos HDMI


Fonte: http://www.audioholics.com/education/cables/hdmi-cable-speed?searchterm=hdmi+speed

"Certificado para 1080p":
Não existe isso. Falaremos sobre velocidade nos cabos mais tarde que, de alguma forma, tem a ver com esse assunto.

Suporta novos formatos de áudio, como Dolby TrueHD por exemplo:
Ser compatível com novos formatos de áudio é uma característica maravilhosa, pena que não tem nada a ver com o cabo. Todo cabo HDMI suporta Dolby TrueHD, etc. desde que esses formatos de áudio não causem nenhum impacto na taxa de bits (bitrate) nenhum cabo suporta esses formatos melhor do que outros.

"Speed Rated" HDMI - Taxa de velocidade:
Existem 2 medidas de velocidade oficiais definidas pela licença que define HDMI, Categoria 1 e Categoria 2, fora essas duas não existem outros padrões ou medidas oficiais. Algumas marcas que vendem cabos, na verdade fabricados na China, a preços absurdos (vocês devem saber de qual marca estamos falando) marcam seus cabos com falsas taxas de velocidade para as quais não existem padrões ou especificações publicadas. Se na embalagem do cabo estiver escrito "Ultra High Speed" (Ultra alta velocidade) ou algo no gênero acho que você deveria virar as costas e fugir dessa marca em "Ultra High Speed".

Suporte para x.v.YCC colorspace:
Da mesma forma que suporte para Dolby TrueHD, uma boa coisa, só que TODOS os cabos HDMI, independente do fabricante e das especificações, tem essa característica.

Suporte para outras resoluções específicas, protocolos e recursos:
Com exceção de capacidade para rede Ethernet e retorno de áudio seja um vídeo 2K ou 4K com Deep Color, ou similares, o suporte a essas resoluções e funções dependem inteiramente da velocidade e do possível impacto no bitrate suportado pelo cabo. Não depende do recurso em si.

Suporte a "120Hz" or "240Hz":
Nenhum aparelho emite, via HDMI, tais taxas de atualização (framerate), apesar de o PS3 da Sony e os PCs terem esse potencial. As TVs marcadas com 120Hz ou 240Hz tem um dispositivo dentro delas que dobra ou quadruplica a taxa de atualização. Portando o sinal que o cabo HDMI carrega é novamente irrelevante nesse caso.

Com toda essa bobagem circulando por aí, sobra pouco para se fazer o discurso de marketing correto do cabo HDMI. O que é uma boa coisa. Apesar de serem muito complexos os padrões que definem HDMI assim como complexo é o entendimento do processo de transmissão de sinais através dele, comprar cabos HDMI é uma coisa bem simples, em parte porque...

Digital é digital:
Um sinal digital é apenas uma seqüência de "zeros" e de "uns", por mais simples que isso possa parecer. Quando um sinal digital atravessa um cabo e é interpretado na outra ponta sem bits perdidos, o resultado é informação sem perdas o que implica em nenhuma queda na qualidade da imagem nem na do som. Esse sinal pode ter sofrido um alto grau de degradação em seu caminho por vários fatores; Interferência Eletromagnética - EMI, Interferência por rádio freqüência - RFI, problemas de polaridade, perdas por retorno, capacitância, atenuações, etc. Mas se o bitstream* é lido corretamente ao final do processo, nenhuma dessas degradações não fazem nenhum bit (figurativa ou literalmente) de diferença.

*bitstream: s. fluxo de bits, m.; sinal binário sem considerar agrupamentos por caracteres.

Essa discussão geralmente chega a um ponto que não é correto. Em algum momento alguém pode argumentar que a qualidade do cabo não importa. Mas a verdade é mais assim: se um cabo em particular, independente do preço e da qualidade interna, entrega um sinal em condições de ser lido corretamente, nenhum aumento na qualidade do cabo não vai melhorar em nada as coisas. Entretanto, se o cabo NÃO consegue entregar o sinal em boas condições é perfeitamente possível que um cabo melhor (podendo ser ou não mais caro) poderá resolver o problema. Isso ocorre porque, mesmo parecendo uma tarefa simples transportar uma série e "zeros" e "uns" apenas alternando a voltagem para cima e para baixo, as coisas ficam meio confusas a freqüências ultra altas, e a eletricidade faz coisas estranhas e nem sempre óbvias quando tentamos fazer o sinal percorrer seu caminho a altíssimas velocidades.




terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Aplicativo da Creston para iPad

Assim como seu aplicativo para iPhone e iPod Touch, o aplicativo recém lançado pela Creston para iPad, transforma o tablet da Apple em um painel touchscreen.

Esse aplicativo usa 3G, 3GS ou WiFi para se comunicar com o sistema Creston de automação e controlar: luz, ar condicionado, persianas, o som e muito mais.

sábado, 30 de janeiro de 2010

Como o iPad Vai Mudar o Mercado de Automação Residencial


Fabricantes de controles universais precisam ficar espertos

Todos nós sabemos que uma automação residencial personalizada é bem superior aos aplicativos (Apps) disponíveis para iPhone que se prestam a esse fim. Mas isso não importa.

O que realmente importa é como vai ficar difícil justificar o gasto extra com os tablets tradicionais dos fabricantes de automação residencial.

O iPad custa entre US$499.00 e US$829.00, o que é muito mais barato que a maioria dos touchscreens das automações residenciais tradicionais. iPad e seus aplicativos (Apps do iPhone servem para iPad) vão oferecer um grau de automação que fará o tablet a Apple se parecer com os outros paineis touchscreens tradicionais.

Automação residencial se tornará mais popular

A boa notícia é que o iPad tem o formato de um tablet tradicional de automação residencial com a vantagem de ser mais leve, e mais barato. Isso servirá para popularizar a automação residencial.

Os instaladores de automação não precisarão mais explicar porque o controle remoto é grande e retangular.